Translate

sexta-feira, 12 de junho de 2009

*Você eo vento*


Ao fechar meus olhos posso te encontrar
Na brisa suave do vento que agora esta a me tocar
Vejo teu rosto amado meu
Sinto-o bem juntinho ao meu

Tocas-me como o vento trazendo alegria
Muita paz e calmaria
Teu amor é minha companhia

Que delicia é sentir o teu tocar
Tu és o próprio vento
Vento que toca minha alma
Vento que me faz amar

2 comentários:

  1. Um poema de brisa suave e fresquinha!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Seus poemas e seu blog são tudo de bom. Parabéns

    ResponderExcluir